Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi em Campos do Jordão

Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi em Campos do Jordão - Rádio Helix

A Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi em Campos do Jordão no Festival de Inverno, isso mesmo, o mais importante festival de música instrumental da América Latina e com reconhecimento internacional, vai receber a Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi das Cruzes.

O secretário-adjunto de Cultura do Estado de São Paulo, Romildo Campello e o diretor executivo da Fundação OSESP (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo), Marcelo Lopes, que vieram à Prefeitura para fazer um importante anúncio: pela primeira vez, a Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi das Cruzes vai se apresentar no Festival de Inverno de Campos do Jordão.

“A Orquestra Sinfônica da cidade é o símbolo de que temos a preocupação em dar continuidade aos bons projetos e às políticas públicas voltadas efetivamente para o bem da cidade e àquilo que ela precisa. Este convite para se apresentar no Festival de Inverno de Campos do Jordão vem a coroar esse projeto, que foi sendo desenvolvido ao longo de tantos anos e com tanta maestria. É uma grande conquista e a prova de que estamos no caminho certo”, destacou o prefeito.

A apresentação da Orquestra Sinfônica Jovem de em Campos do Jordão

A apresentação da Orquestra Sinfônica Jovem de em Campos do Jordão será no próximo dia 29 de julho, ao meio-dia, na Praça São Benedito, mais conhecida como Praça do Capivari. Composto por aproximadamente 60 músicos, o grupo de Mogi das Cruzes vai apresentar o Concerto Aberturas e Áreas de Ópera, com o tenor Sérgio Werneck, que é regente e fundador do Coral Musicativa e também atua como regente assistente do Coral Lírico Municipal de São Paulo.

Maestro Lélis Gerson e a Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi em Campos do Jordão

“Este para mim é um momento ímpar. É incrível imaginar que tudo isso teve origem lá em 2001, com a criação do Coral Canarinhos do Itapety, que a princípio era um projeto pequeno. Caminhamos muito para chegar até aqui. Escolhi um repertório desafiador para essa apresentação tão importante e fiz questão também de convidar o tenor Sérgio Werneck, que também é mogiano, para estar lá junto à orquestra”, destacou o maestro regente e diretor artístico do projeto Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes, Lélis Gerson, que fez também um agradecimento a José Luiz Freire de Almeida, atual secretário de Governo da Prefeitura e criador, em 2001, do coral Canarinhos do Itapety.

Marcelo Lopes, diretor executivo da Fundação OSESP,  confessou-se impressionado com o projeto de musicalização desenvolvido na cidade. “Isso não é comum, nem no Brasil, nem na Europa e nem nos Estados Unidos. Não conheço outro projeto dessa envergadura, o que me faz crer que muito em breve todos os grandes músicos deste país sairão de Mogi das Cruzes. E essa participação no festival de Campos do Jordão é uma etapa fundamental dentro desse processo, pois o evento é um verdadeiro rito de passagem para os grandes músicos do Brasil”, destacou.

Romildo Campello, secretário, também enalteceu o projeto e falou sobre a importância de despertar a consciência de que a cultura não só atua no desenvolvimento humano e da consciência de cidadania, como também é uma importante ferramenta para a geração de emprego, renda e mercado. “A Inglaterra ganha mais dinheiro com rock´n´roll do que com a indústria tradicional, como de aço, por exemplo. Temos totais condições de fazer isso também e de transformar as nossas produções culturais em algo a ser exportado para o mundo todo. Veja este exemplo de Mogi das Cruzes. A importância deste projeto e a que patamar ele chegou”, frisou.

Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi em Campos do Jordão - Rádio Helix 2
O mais importante festival de música instrumental da América Latina e com reconhecimento internacional, vai receber a Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi das Cruzes em Campos do Jordão.

Campello também informou que pretende promover uma aproximação maior o projeto Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes e a OSESP. “Todos os domingos acontecem apresentações de grupos da OSESP na Sala São Paulo. A ideia é, a princípio, reservar assentos nessas apresentações, para músicos e alunos de projetos de musicalização, como o de Mogi das Cruzes”, anunciou, explicando que essa convivência e troca de experiências é fundamental para o crescimento em termos de formação musical de todos os envolvidos.

Outra novidade, anunciada durante o encontro, é o fortalecimento dos grupos de cordas junto ao projeto de uma forma geral. A ideia é adquirir instrumentos de cordas e, a partir de 2018, passar a inseri-los nas aulas de musicalização e ensino sinfônico dentro das escolas, para a formação das bandas sinfônicas escolares.

O maestro Lélis Gerson destacou que no dia 25 de julho, a Banda Sinfônica de Mogi das Cruzes vai se apresentar na cidade de Areias, mais um sinal do reconhecimento e da visibilidade que já tem o projeto da cidade, e outros convites já começam a aparecer depois do anuncio.

O projeto Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes nasceu em 2001, com a criação do coral Canarinhos do Itapety. Hoje em dia, o projeto atende a mais de 10 mil crianças e jovens da cidade e se subdivide em diversos grupos, além do coral, que completa neste ano 15 anos de estrada. Os grupos são: Quarteto de Metais, Quinteto de Cordas, Camerata de Cordas, Orquestra Minha Terra Mogi, Banda Boigy, Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi das Cruzes, as 15 bandas sinfônicas escolares e a Banda Sinfônica de Mogi das Cruzes.

A Orquestra Sinfônica Jovem é o grupo mais experiente dentro do projeto e tem em sua composição músicos que estão há muitos anos no projeto e atuam, em muitos casos, como monitores e professores dos alunos mais jovens. O grupo já se apresentou com grandes nomes da Música Popular Brasileira, como Guilherme Arantes, Ivan Laes, Moraes Moreira, Toquinho, Milton Nascimento, Lô Borges, Elba Ramalho, Fábio Júnior, Palavra Catada e a dupla Victor e Leo, nos shows de aniversário da cidade.

Para mogianos

O concerto que a Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi das Cruzes apresentará em Campos do Jordão também pode ser conferido pelos mogianos, na próxima quarta-feira, dia 26 de julho, que é Dia de Sant´Anna, padroeira da cidade e feriado municipal. A apresentação, inserida na programação do Festival de Inverno Serra do Itapety 2017, será às 20 horas, no Theatro Vasques.

 

Ouça as melhores músicas e os maiores sucessos na: 

RÁDIO HELIX AO VIVO.

 

 

Rádio Helix

share on: