Mogi das Cruzes Basquete cai diante do Vitória no Hugão

Na quinta e última partida pelos playoffs do NBB9, Mogi das Cruzes Basquete e Vitória se enfrentaram na tarde deste sábado (6) no ginásio Hugo Ramos em Mogi das Cruzes.

Com a série empatada, o Ginásio ficou completamente lotado pela torcida da casa, que empurrou o Mogi Basquete desde o início da partida.

O JOGO:

A equipe da casa buscou o resultado logo no inicio da partida, mas o time do vitoria estava determinado a estragar a festa e não dava muito espaço, mesmo assim a equipe do Mogi abriu 8 pontos de vantagem logo nos primeiros minutos.

O time do vitoria não se abateu, e faltando dois minutos para o fim do primeiro quarto, encostou no placar, para preocupação do técnico Guerrinha. Final do primeiro quarto: 26 X 24 para o Mogi.

Na volta para o segundo quarto, a equipe da casa não entrou bem e vários erros estavam acontecendo, mas diante equilíbrio da partida, o time adversário também estava errando muitos lances, não deixando que ninguém se afastasse no placar. Em quatro minutos de jogo, apenas 4 pontos convertidos para cada lado.

A partida continuou dura, erros e acertos não deixavam as equipes se distanciarem no placar, e os ânimos começaram a se exaltar, o que fez com que o árbitro chamasse a atenção do técnico Regis do Vitória. Final do quarto, 43 X 41 para o Mogi. Parcial de 17X17

A equipe do Mogi das Cruzes Basquete cai diante do Vitória no Hugão e está fora do NBB9.Cinco mil torcedores deram um espetáculo a parte.
A equipe do Mogi das Cruzes Basquete cai diante do Vitória no Hugão e está fora do NBB9.Cinco mil torcedores deram um espetáculo a parte.

Na volta dos vestiários, a equipe do Vitória voltou melhor, e aproveitou os erros do Mogi, passando a frente no marcador, forçando o técnico Guerrinha a pedir tempo e tentar reorganizar a equipe.

O time de Mogi continuou meio perdido em quadra, e a eficiência do time do Vitória no garrafão de Mogi, fez que a diferença no placar subisse para 11 pontos, faltando 3:41 para o fim do temível terceiro quarto, onde sempre a equipe mogiana sofre as viradas.

A partida continuou tensa para a equipe mogiana que não conseguia encostar no placar, e vantagem do time adversário se mantinha na casa dos 19 pontos. Final do terceiro quarto: 57 X 71 para o Vitória, com parcial de 14 X 30, domínio total da equipe do Vitória.

No último e decisivo quarto, a equipe da casa voltou com mais vontade, e o técnico pediu mais cuidado com as faltas, a torcida se animou mais ainda para tentar empurrar o time para a vitória e seguir para as quartas de finais no NBB9.

Faltando pouco mais de seis minutos, Guerrinha fez seu terceiro pedido de tempo, mas os erros embaixo do garrafão perseguiam equipe mogiana para desespero dos cinco mil torcedores que lotaram as dependências do ginásio para empurrar a equipe.

A equipe do Mogi das Cruzes Basquete cai diante do Vitória no Hugão e está fora do NBB9.Cinco mil torcedores deram um espetáculo a parte.
A equipe do Mogi das Cruzes Basquete cai diante do Vitória no Hugão e está fora do NBB9.Cinco mil torcedores deram um espetáculo a parte.

Faltando 3:31 para o final da partida, a equipe de Mogi voltou a encostar no marcador, levantando a torcida ao som do “EU ACREDITO”. O jogo ficou pegado, e a torcida ia à loucura com cada ponto do Mogi.

Apenas 3 pontos atrás no placar, e com 2:40 para terminar a partida, o clima era tenso, mas todos acreditavam na virada, que infelizmente não veio, e a equipe do Mogi das Cruzes Basquete cai diante do Vitória no Hugão e está fora do NBB9.

Final do jogo: 85 X 95 para o Vitória, com parcial de 24 X 28.

Para o técnico Guerrinha o NBB foi muito disputado e tem mostrado que várias equipes que estão acima na classificação perderam o playoff.

“Isso mostra uma evolução e uma tendência que às vezes você classifica em segundo e não tem nada garantido. Lógico que quem classificou acima fez um campeonato melhor, mas playoff é um momento da equipe. O jogo de hoje foi decidido no terceiro quarto. Jamais a gente poderia tomar 95 pontos querendo ir para a final, jamais poderia ter tomado 30 no terceiro quarto.publicidade Deficiência nossa e mérito do adversário. Moralmente e psicologicamente o segundo jogo aqui a gente não devia ter perdido. Tinha que ter feito o fator quadra. Diante disso, corremos atrás e viemos para o quinto jogo. A torcida de hoje está de parabéns, o tempo todo vibrando com o time. Mas faz parte. Nossa temporada terminou hoje, lógico que não como a gente queria, mas conquistamos dois títulos dentro da temporada. O NBB foi bom, mas não soubemos fechá-lo”. Finalizou.

Ouça as melhores músicas e os maiores sucessos na: 

RÁDIO HELIX AO VIVO.

 

Rádio Helix

share on: