Mogi Basquete continua imbatível no Hugão e vence Minas

Mais uma noite onde a equipe do técnico Guerrinha brilhou, e o Mogi Basquete continua imbatível no Hugão. A partida começou com domínio da defesa mogiana que sofreu apenas 2 pontos em 4 minutos, forçando uma parada dos visitantes. A vantagem de Mogi continuou, e após uma falta técnica de Elinho, e duas de Wesley, que foi eliminado do jogo, os donos da casa encerraram o primeiro período vencendo por 27 a 11.

O segundo quarto foi o inverso do primeiro, tendo marcado apenas 2 pontos e feito 4 faltas em 3 minutos, Guerrinha fez seu primeiro pedido de tempo. Com uma boa recuperação de Mogi, Minas faz uma nova parada faltando 3 minutos para fim. Com certo equilíbrio, os mogianos vão para o intervalo vencendo por 42 a 30.

Mais uma noite onde a equipe do técnico Guerrinha brilhou, e o Mogi Basquete continua imbatível no Hugão.
Mais uma noite onde a equipe do técnico Guerrinha brilhou, e o Mogi Basquete continua imbatível no Hugão.

O terceiro período foi equilibrado em sua maioria, tanto em pontos quanto em faltas, mas nos minutos finais Mogi ampliou a vantagem e encerrou com 65 a 48.
O último quarto teve novamente uma boa defesa mogiana, que sofreu apenas 5 pontos em 5 minutos, forçando uma pausa mineira. Com os jogadores mais novos nos minutos finais, Mogi  conseguiu a vitória por 87 a 64.

O cestinha da partida foi Larry com 17 pontos. Destaque para Caio Torres com um duplo-duplo 15 pontos e 13 rebotes, Jimmy e Shamell com 14 e Tyrone com 12 pontos.

Na avaliação do técnico Guerrinha, “No jogo de hoje a equipe deixou a desejar nos rebotes. Nós demos 12 rebotes para eles e tivemos 16 erros. publicidadeAí são 28 posses de bola para o adversário, então tem que melhorar para a sequência do campeonato. Matematicamente podemos chegar em primeiro lugar, mas o Flamengo tem grandes chances. Mas o mais importante não é primeiro, segundo, terceiro ou quarto, e sim desenvolver a equipe para chegar no playoff e fazer um confronto bom”, avalia o técnico Guerrinha.

Caio Torres (pivô), salientou a importância do foco do grupo, mesmo depois de uma larga vitória sobre o Brasília na última terça. “O importante é que o time está bem e a gente veio de uma grande vitória e era muito importante que a gente não perdesse o foco. Fizemos um bom jogo, do começo ao fim, tivemos alguns minutos de erros, mas a gente recuperou. Eu estou feliz por voltar e ajudar o time.”

Para o ala Jimmy a sintonia do grupo foi o fator principal nas duas últimas grandes vitórias. “O time está no momento final da competição, temos muitos jogos e treinos e estamos totalmente encaixados. Agora o time está arrumando a defesa e marcando bem o ataque sai mais tranquilo. Estamos com uma excelente defesa nessas duas últimas partidas e, se queremos ficar em primeiro, não podemos ter deslizes.”

O próximo jogo do Mogi Basquete será dia 13, às 20h, contra Campo Mourão, no Ginásio Hugo Ramos.

Ouça as melhores músicas e os maiores sucessos na:

RÁDIO HELIX AO VIVO.

 

Rádio Helix

share on: